Kindle Unlimited

Sim, a Vida Tem Sentido

A maioria esmagadora das pessoas do século atual perdeu uma das mais preciosas habilidades presentes no homem. Estou falando da habilidade de pensar. Raramente encontro entre os passos desta vida alguém que reflita sobre a existência. Cuidado, pois vivemos entre robôs!

Estes robôs repetem as mesmas ações, semana após semana, e não se perguntam em nenhum momento o porquê deste loop frenético. Mas o que me deixa feliz (e ao mesmo tempo preocupado) é saber que entre estes bilhares de robôs há seres verdadeiramente pensantes.

jovem_pensandoPor que fico preocupado? Bom… Há um ditado que diz o seguinte: quem pensa muito acaba ficando infeliz. E é parcialmente verdade. Estes que não se enquadram no time dos que vivem uma vida automatizada, acabam por se perder entre pensamentos pesados demais para um ser comum.

Um dos pensamentos mais vívidos entre os não-robôs do século XXI é o velho e temível pensamento: qual é o sentido da vida? Esta pergunta vai, aos poucos, consumindo cada pedaço de nossas mentes, corroendo a esperança e tirando as cores da alegria.

As mãos que escrevem este post foram as mesmas que já enxugaram lágrimas oriundas das dolorosas dúvidas da alma. Talvez você tenha chegado até aqui com esta questão consumindo cada uma de suas energias.

O que me ajudou? Deus, meu ideal, meu objetivo. Ah se eu tivesse lido mais sobre filosofia e estudado alguns filósofos há tempos atrás. Sartre conseguiu a bela proeza de encontrar um sentido que torna a vida digna de ser vivida novamente.

Nunca se é homem enquanto se não encontra alguma coisa pela qual se estaria disposto a morrer.” – Jean-Paul Sartre

A humilde frase acima nunca mais partiu de minhas memórias. Sempre amei a Cristo com tudo o que sou (mesmo sendo miseravelmente falho e por muitas vezes idólatra), sendo assim, já possuía em minha alma o desejo, então bastou aplicá-lo.

sentido20da20vidaA vida perdeu o sentido para você? Sabe qual é seu problema atualmente? A falta de um ideal pelo qual valha a pena morrer. Você possui um ideal? Vive por algo? Eu vivo para que o nome de Jesus seja conhecido e engrandecido… E você?

Somente para fechar uma pequena brecha deixada no início deste post deixo aqui uma observação: chamei os humanos de seres não pensantes, pois, se pensassem como deveriam, perceberiam então que correm todo dia atrás de coisas passageiras, sem proveitoso valor.

Se você é um pensador, então pense! Atrás do que corre todos os dias? Por qual ideal luta? Já tentou conhecer o seu Criador? Reflita e veja que a vida não é tão sem sentido como parece.

Danilo Henrique Gomes é um assíduo amante da psicologia, filosofia e teologia, que há anos dedica seus dias aos estudos relacionados à mente humana e à Bíblia. Começou a escrever cedo, logo na adolescência, e desde então encontrou grande prazer e satisfação na escrita.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *