Testes Psicológicos

Método Buteyko, a Cura Para Ansiedade e Asma

A respiração cotidiana em ritmo não saudável pode ocasionar efeitos nocivos ao organismo. O Método Buteyko é capaz de curar a ansiedade e a asma.

Neste blog já tratamos em outra postagem sobre os benefícios da respiração para o sistema nervoso, porém, apesar de muitos respirarem calmamente diante de uma situação estressante, os mesmos falham em manter um ritmo de respiração saudável ao longo do dia. Por este motivo, o Método Buteyko foi criado.

Konstantin Buteyko, fundador do Método Buteyko

Konstantin Buteyko

Em meados de 1968, na Rússia, o doutor Konstantin Buteyko iniciou seus estudos com foco no ritmo da respiração humana e seus efeitos sobre o organismo. Após muitas conclusões, Buteyko desenvolveu um exercício que mais tarde ficaria conhecido como Método Buteyko em todo o mundo.

Este sútil e fácil exercício respiratório foi alvo de críticas por muito tempo, mas ao decorrer dos anos foram comprovados os resultados benéficos deste método em relação à ansiedade e à asma.

A respiração tem a principal função de coletar oxigênio através do ar e levar este elemento para o corpo através do sangue. Se feita de forma irregular, a respiração pode exceder ou causar a carência de oxigênio no sangue provocando alterações nocivas ao organismo.

Oxigênio no sangue, foco do Método Buteyko

O Método Buteyko é extremamente simples, no entanto, é necessário disciplina para que seus efeitos surjam. A prática diária é necessária.

Como pôr em prática o Método Buteyko?

Encontre uma posição confortável para a prática do método. De preferência sente-se.

Respire 10 vezes seguidas, relaxadamente. Atenção: evite respirar profundamente. Estamos falando de uma respiração comum, como as que fazemos em nosso cotidiano.

Depois de concluir o passo anterior, tampe seu nariz com sua própria mão e permaneça assim por 5 segundos.

Após a conclusão do passo anterior, respire novamente por mais 10 vezes seguindo as mesmas instruções já ditas anteriormente.

Volte a tapar o nariz e segure a respiração por 10 segundos desta vez.

Respire mais 10 vezes relaxadamente seguindo as mesmas instruções dadas anteriormente.

Repita este processo acrescentando 5 segundos a cada vez que você segurar a respiração. Ou seja, na primeira vez seguramos por 5 segundos, na segunda vez por 10 segundos, na terceira iremos segurar por 15 segundos, e assim por diante, até que não aguentemos mais.

No momento em que encontrarmos o limite da falta de respiração, a atividade pode ser encerrada.

Benefícios

Com a prática diária do Método Buteyko serão evidentes os sinais de melhora, principalmente em relação à ansiedade, o mal do século. O organismo será “obrigado” a obedecer o ritmo de respiração imposto pelo método e, aos poucos, a velocidade da respiração cotidiana será alterada.

Leia Também:

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *