Testes Psicológicos

Problemas Vencidos Com a Análise Racional

Se analisarmos com muita cautela cada um dos problemas com racionalidade, sem dúvida sofreríamos muito menos.

Quando estamos diante dos problemas, automaticamente fazemos uma rápida análise dos mesmos e, geralmente, tomamos certos conceitos como verdadeiros e inquestionáveis. Nestes momentos de ultra rápida reflexão, deixamos de perceber o quanto os sentimentos e as emoções podem influenciar a mente humana.

Pensamentos e problemas

Muito usada em várias clínicas de Psicologia do mundo todo, a Terapia Cognitiva Comportamental (uma das abordagens usadas pelos psicólogos e psiquiatras) afirma que, quanto mais racional for a análise do sujeito em relação a um problema, melhor será a posição de um indivíduo diante da situação.

Explicando de forma fácil e resumida: menos emoção na hora da reflexão + mais racionalidade na hora de pensar = melhor conclusão.

Forma como enxergamos os problemas

Como já explicado no artigo O Segredo da Alegria Estão Nos Olhos, nosso estilo de vida e nossa felicidade dependem completamente da forma como enxergamos a vida. Porém, não basta só querer enxergar tudo com bons olhos, também é necessário enxergar com inteligência e atenção.

Vamos imaginar um evento trágico.

Acidente de carro e seus problemas

Ricardo se envolveu em um acidente de carro, ficou paralítico e destruiu parte de seu veículo.

Se Ricardo fosse uma pessoa extremamente negativa e depressiva, deixaria suas emoções ditarem as regras da situação e chegaria à seguinte conclusão.

Nunca mais andarei, nenhuma mulher irá se relacionar comigo, me tornei inútil e ainda por cima perdi meu carro caríssimo.

Agora iremos tentar aplicar a análise mais racional possível neste caso.

  • Este problema é momentâneo ou eterno?

Resposta: momentâneo. Por mais que tenha gerado sequelas permanentes, a vida continua a seguir. Duas pernas foram perdidas, mas existem ainda várias outras partes úteis do corpo que podem fazer grandes coisas.

  • Este problema é externo (físico) ou interno (mental) ao indivíduo?

Resposta: externo (físico). A mente continua sã e capaz de pensar racionalmente. Isso é ótimo, afinal, por mais que o corpo todo não esteja mais disponível, viver, amar e pensar continuam sendo possíveis.

  • O problema é reversível?

Resposta: parcialmente sim. Ricardo dependerá da cadeira de rodas, mas futuramente poderá ter suas próprias próteses de perna. Não será como ter pernas reais, entretanto Ricardo poderá fazer a maioria das coisas que qualquer pedestre faz.

  • Ainda existe vida?

Resposta: sim, Ricardo ainda está vivo. Eis uma ótima notícia! Se Ricardo ainda vive, isso significa que existem infinitas possibilidades na caminhada da vida, e vai depender de Ricardo agarrá-las ou não. O fato é que o acidente não significou o fim, mas sim, o início de coisas novas e aprendizados únicos.

Sempre pense racionalmente. Faça perguntas sinceras a si mesmo e se esquive de qualquer vitimismo baseado em emoções momentâneas.

Ah… E quanto ao carro? Fique tranquilo, um dia ele compra outro.

Leia Também:

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *